Noticias da estrada

Três dias atrás eu saí da minha casa de bicicleta, dando início a uma viagem para Garopaba/SC, num percurso de cerca de 1400 km.
Viajo sozinho, carregando todo meu equipamento, roupas e comida, e em boa parte das paradas nao tenho lugar certo para dormir.

Agora estou em Lorena/SP, hospedado na casa de um cara, via Couch Surf, depois de 300km rodados, pela Via Dutra, Rodovia dos Tropeiros e Via Dutra de novo.

No primeiro dia fiz uma viagem relativamente tranquila até Piraí, toda pela Via Dutra. Saí de casa bem depois do horario previsto, e pedalei ao todo 101km. Num posto de gasolina em Seropédica conheci uma dupla de caminhoneiros gente finíssimas, André e Ercílio, enquanto eu cozinhava meu almoço – arroz com lentilha e cogumelo seco. Na subida da Serra das Araras parei para pegar água fresca numa venda de frutas e ganhei um coco do vendedor. “Toma! Pra se refrescar!” ele disse.
Eu tinha planejado pedalar até Passa Tres, mas parando em Piraí para comprar uma camara de ar reserva (saí de casa sem uma!) caiu um temporal, e resolvi ficar por lá mesmo.
Me abriguei na igreja da cidade, depois que um assistente social de lá me disse que havia um quarto para viajantes e que o padre me permitiria ficar. Passei a noite lá, sozinho nos fundos da igreja, num quarto simples mas aconchegante.

No dia seguinte comecei a pedalar as 5:30, e saí da Dutra, em direçao a Passa Tres. Pedalada tranquila até lá, e nesse trecho tive a felicidade de reaprender a pedalar sem as maos. Depois de lá segui pela estrada que já conhecia de uma viagem anterior, até o trevo para Rio Claro ou Getulandia. Dessa vez segui para a direita, e alguns km depois de passar por Getulandia saí dessa estrada e entrei na Rodovia dos Tropeiros, antiga estrada que ligava o Rio a São Paulo. Depois de algumas subidas e descidas agradáveis, cruzei a divisa dos estados. No caminho conheci um ciclista de Barra Mansa que parou para fumar um baseado numa clareira na beira da estrada, onde eu colhia um mamão verde para fazer um doce mais tarde. Acabei perdendo o mamão km depois, que caiu do estensor. Pedalamos juntos alguns km, e ele segiu para Barra Mansa e eu para Bananal/SP. Parei por lá para almoçar, mas achei a cidade um pouco antipática. Comprei legumes e andei 2km na estrada para uma serra cujo nome nao me lembro. Sentei na grama, na beira da estrada, fiz meu almoço e tirei um delicioso cochilo ao som de pássaros.

Passei de volta pelo centro de Bananal e segui pela Rod. dos Tropeiros. Até Arapeí peguei subidas e descidas agradáveis. Lá parei para tomar uma coca, e de brinde enchi minha garrafa de ácool de graça. Depois de lá já estava muito cansado, e a estrada foi um pouco dura. Faltando 4km para S. J. do Barreiro, onde pretendia pernoitar, minha água acabou e um inseto se espatifou no meu olho. Parei na estrada e resolvi pedir água pro proximo carro que passasse. Por a caso era uma picape da prefeitura de S. J. do Barreiro, e acabei ganhando uma carona pra lá. E aí começou a novela de improvisar um abrigo.

Tentei primeiro falar com os donos de uma agencia de ecoturismo e trekking, mas não estavam lá. Achei um point do açaí, me presenteei com um, e soube que o dono da tal agencia era tambem prefeito da cidade. Aí fui atrás do Edgar pra pegar a chave do Recinto, um espaço de eventos da cidade, onde eles permitem a viajantes e romeiros armar a barraca e pernoitar. Mas aí ele não tinha a chave, e fui esperar o prefeito sair de um evento pra falar com ele. No fim das contas uma funcionária da prefeitura me sugeriu passar a noite num quarto na rodoviária, que também era usado de abrigo para viajantes. Eu só tinha que esperar o vigia da noite chegar. Era fechado e seguro, com o vigia por lá a noite toda. Até ele chegar conversei com vários moradores, bebuns, caminhoneiros e caminhoneiros bebuns. Inclusive um cara de uma carreta de laticínios na qual eu tinha segurado pra ser rebocado numa subida chata (ele nem tinha reparado nisso).

No fim das contas dormi bem no tal quartinho, e as 6:30 comecei a pedalada para Areias. Subidas e descidas suaves e clima fresco. De lá tinha duas opçoes: Silveiras – caminho mais longo, estrada mais calma – ou Queluz – caminho mais curto, de volta pra Dutra mais cedo. Optei por Queluz pois na Dutra poderia ter uma velocidade média mais alta. De volta a Dutra pelas 10:30, segui adiante até Cruzeiro. Cheguei lá já sem água, no auge do Sol, e desesperado pra parar. Mas descobri que faltavam apenas 15km pra Lorena, onde ficaria hospedado, e resolvi seguir. As 14:30 eu estava entrando na república de uma galera estudante de engenharia, que está me hospedando.

Fiz uma macarronada brutal, e agora to aqui internetando e dando noticias enquanto eles estudam pra prova de amanha. Já eu saio bem cedo e sigo para São Jose dos Campos, para a casa de uma moça do Couch Surf, e sábado chego em SP, para passar o natal com uma amiga.

Beijos a todxs e em breve mais noticias!

 

Anúncios

5 respostas em “Noticias da estrada

  1. Ernesto

    Eu não te conheço pessoalmente pois só fui à última bicicletada.
    Parabéns pela determinação. Vai curtindo aí e postando que vou lendo aqui e imaginando sua aventura.
    Torço aqui para que Deus te acompanhe e te proteja nesta incrível jornada. Quem sabe se mais à frente você aumente seu desafio.
    Força e continue escrevendo.
    Feliz Natal e boa viagem!
    Abc.

    Elcio

  2. Irado Honesto! Maior invejinha, quero uma dessas pra mim também! XD
    Hoje vim pra Madureira “daquele meu jeito”, sem muita preparação. Foram 02:10 de pedalada, mas quando cheguei aqui não tinha ninguém em casa XD Fiquei esperando de 05:30 até 09:20, com fome e na rua – ao menos eu trouxe o laptop e conseguí pegar o sinal de internet da minha tia, mesmo da calçada.
    Beijos =]

  3. É bom ler seus relatos e imaginar como são essas cidadezinhas, tipo Getulândia, que só existem pra você…Parabéns pela viagem. Foco no caminho e até a próxima Ernestão.

  4. Ah!!!!!!!!!!!!Muito incrível!!
    Nossa, bemlegal mesmo.
    O mais maneiro é que é que seu relato é tão tranquilo que até dá vontade de fazer tb!!Que otimo! Vo mostra pro andrezinho!!beijosss!!!Vai aproveitando e escrevendo!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s